Franquias Odontológicas melhor opção para investir

As franquias odontológicas ou dentárias são uma escolha perfeita neste mercado, onde as redes de saúde estão se tornando cada vez mais atraentes dentro do mercado de franquias.

Os consultórios odontológicos permanecerão ativos, principalmente em períodos de fragilidade econômica, por meio de parcerias com programas odontológicos, de saneamento e bem-estar.

Mas como a burocracia cria sua própria prática de comprar máquinas para suprimentos, outros empresários que desejam investir na região ficam desencorajados.

Franquias odontológicas cada vez mais populares

Assim, as franquias odontológicas estão se tornando populares, pois muitas redes facilitam a compra de materiais, eliminam pontos que criam mais desvantagens para os proprietários de consultórios independentes.

Aumenta cada vez mais o número de unidades de franquias odontológicas no cenário brasileiro, que atrai cada vez mais compradores, os dados mostram que empreendedores preferem esse tipo de negocio.

Foi demonstrado que, de acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de saúde, que inclui franquias odontológicas, alcançou a segunda maior receita em franquias brasileiras.

Outros números da ABF indicam quase 40 redes de franquias, com uma distribuição combinada de mais de uma por estado dessa forma de operação em todo o Brasil.

O novo estudo de franquias no segmento médico pela ABF, constata que existem mais de 2 bilhões de reais nas indústrias odontológica e de cosméticos.

Taxas de retorno para investimentos em franquias odontológicas

Luis Henrique Stockler, presidente e associado da STOCKLER, analisa “os franqueados odontológicos já têm uma forte taxa de retorno e estão participando de um setor de mercado mal organizado, com um grande potencial de maior crescimento”.

Segundo pesquisa atualizada, aponta que pelo menos 72% dos brasileiros, vão ao dentista pelo menos uma vez por ano. São informações divulgadas pelo Conselho Federal de Odontologia, em colaboração com o Instituto Datafolha.

No entanto, apenas 18% da população do país ainda possui cobertura odontológica, sugerindo que ainda há espaço para desenvolvimento nesse setor.

Nesse campo, alguns desafios são enfrentados, mas com fortes oportunidades de desenvolvimento e retorno financeiro, como afirma Stockler:

O franqueado deve ter uma forte parceria e uma rede de sucesso na região onde o produto está localizado e eficiência de mercado suficiente. Isso os diferencia no crescente mercado.

Nesta forma de mercado, a formação de uma equipe estável também é crucial para o desempenho. O setor de saúde estará propenso a aprender como se comunicar com o público e atrair clientes.

Para fornecer um serviço profissional, o franqueado precisa ser educado e aconselhado por especialistas qualificados.

Não é obrigatório que um dentista invista em uma franquia odontológica, embora certas franquias não permitem que franqueados pratiquem.

Nessa situação, o papel principal do franqueado é gerenciar os negócios e os clientes em potencial e fornecer à equipe que trabalha com serviços de saúde.

Além das exigências para se tornar um franqueado, o consumidor reconhecerá oportunidades de desenvolvimento de mercado e a estrutura educacional fornecida em suas avaliações do franqueador.

Verificar a unidade e as informações sobre o cronograma operacional e as relações mútuas com os programas de saúde bucal, são frequentemente fundamentais antes de comprar uma franquia odontológica.

Veja Também: Hospedagem de sites como escolher corretamente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *