Viajar de moto: Dicas para iniciantes

Olá todos que desejam viajar de moto, vou compartilhar minhas experiencias, pois sou motociclista há mais de 30 anos e nos últimos 20 viajando pelo Brasil e por alguns países da América do Sul.

Meus conselhos nesse artigo é para quem vai viajar de moto pela primeira vez então siga nossas dicas, para ter sucesso.

Afinal ao viajar de moto por quilômetros e quilômetros de estrada está dentro do sonho da maioria dos motociclistas.

Sonho esse que é apenas uma leve parcela das pessoas consegue realizar em toda sorte. Pois para fazer isso requer pouco de investimento e planejamento.

Então pensando nesse sentido se você faz parte desse seleto grupo, siga vendo esse artigo.

Acima de tudo pode curtir muito esse momento de aventuras, porque ele realmente é um trecho bastante mágico.

Agora não podemos dizer necessariamente o que é uma viagem bem normal, pois não é mesmo. Pois sabemos que quantos colegas utilizam suas motos diariamente para trabalhar, isso por si só já seria uma aventura.

Eu diria que entre os 100 quilômetros de viajem, não podemos considerar que viajar de moto seria apenas para grandes distâncias.

Quanto temos uma pergunta difícil, claramente que a resposta é difícil podendo ter várias interpretações. Eu mesmo em particular sempre considero que viajar de moto dentre um deslocamento que não seja tão curto.

Durante o que chamamos de viajar de moto, tem desafios em pegar rodovias pavimentadas ou não e que esse deslocamento não seja uma prática diária comum ao dia a dia do motociclista comum.

Programe-se antes de viajar de moto pela primeira vez

O fato é que pegar estrada de moto requer programação. Sabemos que a experiencia vale muito. E por mais experiente que seja o motociclista, estou falando daqueles que realmente gostam de fazer boas viagens sempre terá que fazer uma boa programação.

Isso serve para todo tipo de viajem, e por mais curto que seja o percurso. Deverá ter um bom preparo isso de alguma forma para sair em uma rodovia de modo seguro.

Devemos levar em consideração tudo isso e principalmente sobre aquele fator segurança, que é o principal de tudo, pois sim deve ser o primeiro item da lista de preparativos para viajar de moto.

Vamos então classificar na sequencia sobre a questão de estar preparado para imprevistos.

A sim esses imprevistos vao sempre existir, tenha certeza. Imagine no caso de uma moto, sendo um veiculo que traz muitas surpresas.

Tendo isso em mente sabemos que podem ocorrer com mais frequência já que coisas simples como exemplo de um pneu pode trazer atraso na sua viagem até cancelá la.

Agora pense nisso, se não estiver preparado para essas coisas, poderá ficar em apuros. Há muitos anos atrás quando nem sonhava como estava indo de moto.

Viajar de moto

Sempre ouvi essas coisas e uns que dizem: Que todo veículo te leva a qualquer lugar do mundo. Isso vale sim mas desde que você respeite os limites desse veiculo, claro tem que fazer uma boa manutenção.

Penso que essa mentalidade tem sido o balizador para as minhas viagens pelo mundo afora. Por isso tentarei passar algumas das experiências minhas, para ajudar a todos já que consegui durante os seis anos de estrada.

Desejo do fundo do coração mesmo que sejam úteis para você, pois se pretende pegar estrada pela primeira vez na sua moto e curtir uma boa aventura.

Nao se preocupe pois vai sim ter um frio na barriga, mas isso faz parte. Faz parte de um sentimento que me atinge até hoje, quando faço viagem de moto.

Digo sempre que se não fosse por esse sentimento, já teria me aposentado pois é isso que motiva a continuar a viajar de moto e a emoção de realmente fazer algo diferente cada vez.

Conheça quais os 5 erros comuns ao viajar de moto

A ideia básica não é instruir divulgar e incentivar a prática de modo turismo de aventura.

E por isso outros trazem dicas para que a sua viagem dos sonhos não se torne um pesadelo.

Por isso agora eu vou falar com você sobre cinco erros que eu identifiquei que muitos motociclistas cometem ao viajar de moto.

Isso veio da observação primeiro dos meus termos pessoais não nasci sabem ou não sei.

Graças a Deus mas também acompanhando muitos motociclistas tanto em redes sociais pelo Facebook e pelos blogs que existem.

Então identifiquei esses pequenos amigos que eu não vou dizer que colocaram em risco a sua viagem, mas com certeza vai te trazer um sabor que você não precisaria passar por isso.

Beleza então tomar nota desses cinco erros que eu selecionei para vocês. Primeiro vou dizer para vocês que esse tópico praticamente engloba tudo.

Era por assim dizer mas eu tenho que começar por aí que é a falta de planejamento é uma tecla que eu bato de sempre.

Eu criei o Diário de Motocicleta lá em 2007 justamente por conta disso eu comecei a fazer um planejamento de verdade com ela e naquela época a gente tinha Orkut alguns fóruns e sites de mochileiros de cara que viaja com dedão na estrada ou que viaja de Kombi.

Mas não tinha informações para a moto viajando para moto turista. Então eu queria a motocicleta justamente com esse intuito de oferecer as dicas que eu vivia na estrada para que outros motociclistas assim como eu pudessem planejar suas viagens saber que estava a pegar que hotel dormi preços médios de quanto vai se gastar.

Enfim já aumentou com o passar do tempo. Eu vi que a resistência ao planejamento diminuiu mais ainda existe pessoas que pensam que um planejamento engessa a sua viagem o que é uma aventura não tem que ser planejada.

Isso é uma distorção completa da realidade. A pergunta para a minha cliente se ele pega um barco à deriva e olha para o mar qualquer saber agora atravessar pra cá nem a pau precisa de planejamento precisa de preparação uma viagem de moto precisa dessa atenção tão bem.

Desde o final de semana o feriado prolongado a suas férias anuais você tem que fazer esse planejamento para ter um pouco mais de segurança para você saber para onde você tá indo saber onde você vai dormir.

Pra mim que sou um turista que minha mala em turismo é fundamental saber o que eu tenho para visitar aquele destino que eu vou.

Essa ideia de que eu preciso ser completamente livre e sair sem lenço sem documento sem hora para voltar.

Além de ser muito piegas vai combinar primeiro é um desperdício de tempo e um desperdício de dinheiro e você vai voltar pra casa sem o conhecer muita coisa legal a búlgara eu vou e pergunto no meio do caminho você pode perguntar eu também pergunto muitas vezes conversando eu recebo uma dica.

Eu ri enquanto Tô na viagem mais o essencial o cartão postal eu já sei que eu tenho que ir visitar planejamento não engessa sua leitura.

Não viajar de moto baseado no improviso

Esquece esse paradigma de que tudo tem que ser pelo improviso porque senão não vale a pena porque você não tem emoção.

Isso é uma lenda urbana. O fato de você saber como a estrada que você vai ter que voltar naquele dia não tinha a emoção do cenário porque eu não completa 12 mapas no GPS e tudo plano.

Você não tem cheiro. Você não tem como você não tem sensação térmica. Você vai viver uma aventura mesmo sabendo quantos quilômetros você vai ter que rodar por dia.

Faça planejamento. Segundo ele identificar muita distância e poucos dias de viagem.

A distância a ser percorrida é tão grande mas tão grande que a rotina vai ser andar de moto.

Viajar de moto

Se hospedar e depois de dormir, acordar tranquilo pois ainda vai ter um trecho pela frente. Faz isso direto todos os dias, sempre com folga até a sua garupa vai curtir a sua viagem de moto.

E se você consegue mesclar esses dois juntos você tem o melhor dos dois mundos, a aventura vai ser realmente inesquecível.

O prazer de tocar e o prazer de conhecer novas culturas nova culinária novas pessoas novos lugares.

Quando a distância é muito grande você tem que correr. Isso é um alívio. Isso sim é ser escravo de um mau planejamento.

Você tem um roteiro imenso e aquele que voluntariosa você está correndo contra o relógio.

Uma coisa que eu sempre indago quando eu vejo um roteiro muito grande desse é Miguel Beleza.

Depois que você fizer tudo isso o próximo plano é não porque você vai estar preparado para alçar voos tipo dar uma volta pelo mundo para conhecer a áfrica porque numa única tacada você mata os principais cinco ônibus que nós temos aqui na América Latina.

Fazer o quê depois há uma coisa que eu sempre digo você não está correndo uma prova de 100 metros você está correndo uma maratona.

Então Calma Calma vou fazer um roteiro de cada vez porque a gente curte muito mais.

Faça um orçamento antes de fazer sua viagem

Não sei o porquê que isso acontece especificamente com quem quer viajar de moto que é encaixar a viagem dos seus sonhos dentro do seu orçamento.

Eu sempre digo que Tudo tem o seu tempo. Se você não tem cacife para fazer agora. Cara não vá pra esse destino agora faça o planejamento não foi o custo dessa sua viagem.

Veja o quanto você vai ter que gastar e quanto tempo você consegue juntar essa grana.

Não façam da sua viagem uma barganha não tente no caixão a viagem dos seus sonhos dentro do seu orçamento apertado nas peças que eu faço sobre planejamento a bordo um exemplo é uma frase que sintetiza muito isso.

Eu quero viajar para Atacama mês que vem quando que eu vou gastar. Olha só a inversão de valores.

Primeira coisa que você identifica que não existe nenhum planejamento. O cara tá pensando agora numa viagem que vai fazer para o Atacama mês que vem.

Só que a preocupação dele é quanto que ele vai gastar. Ele não está preocupado com o que ele vai vê.

Nota aquilo que tem para se fazer outro caminho certo é onde ele quer ir mas ele está querendo encaixar esse sonho dentro de um orçamento planeja sua viagem precificar sua viagem e se você não tem essa bala na agulha agora para fazer essa viagem para o Chile.

Tudo tem o seu tempo. Nós temos tempo. Ainda temos tempo. Então calma por. Nosso quadro bem básico até tem a ver com o menu anterior que você tem para vocês de tentar colocar a viagem dos seus sonhos dentro do seu orçamento.

Nunca tente economizar em sua viagem

Muita gente teimosa sai para a estrada só que sai com um escorpião na mão e começa a fazer economia coisas que pra mim chama se economia porca.

Dois exemplos olhar para você. Primeiro poupando minha estadia e poupando com refeição. A estadia é um erro muito grande você poupar sua grana do seu investimento ficando em um lugar escondido você não vai ter conforto e não vai ter segurança.

Em via de regra tanto na América Latina como no mundo pelo menos por onde eu já andei. As diárias custam 50 dólares.

Se uma pessoa separa duas dificilmente os hotéis vão fazer esse tipo de diferenciação.

Os que fizerem diferença é porque têm café da manhã. Então essa diferença de duas pessoas no quarto é por conta do café mais uma via de regra e 50 dólares a diária de hotel ok. Sabendo disso se você quer economizar você quer pagar menos do que 50 dólares.

Você tem uma alternativa de por exemplo ir um lugar onde você vai compartilhar um quarto com 15 beliches por exemplo e tem um banheiro no final do corredor.

Vai pagar 15 dólares 20 25 dólares. Se você for com a sua esposa com a sua garupa e pegar o quarto particular com banheiro privativo ou num hostel é a mesma coisa que você para uma pousada ou pegar um hotel até três estrelas.

Ok então não vale essa economia você não vai ter privacidade. Imagina um quarto com 15 pessoas brincando tem que fazer fila para tomar um banho diariamente e só quatro vai estar na rua.

Dificilmente você vai ter café da manhã. Ou seja é uma economia que não vale a pena.

Não é uma questão de poupar dinheiro ou de não ter dinheiro para gastar é o que você merece meu amigo é a viagem dos seus sonhos.

Procure fazer um bom repouso ao viajar de moto

Eu depois de oito nove doze horas de viagem quero chegar no hotel onde eu tenha um banho quente uma cama macia e que a minha moto esteja segura no estacionamento.

Esse é o meu básico. Eu não fico em hotel quatro cinco estrelas. Ok mas também não vou encarar uma pousada cinco cruzes onde a bola do colchão vai pegar minhas costelas ao acordar com dor do corpo porque eu estava numa cama horrível porque eu quis gastar 15 dólares.

Outro Eu acho muito perigoso e a pessoa que faz uma economia com a sua alimentação. Isso é um risco sem tamanho. Eu não gosto.

Durante a estrada de almoçar me dá sono mais à noite eu vou bater um prato de arroz feijão com bife eu vou comer um bom macarrão.

Coisas que me dão substância. Porque eu preciso repor. Toda a energia que eu gastei.

Não me canso é uma lei engana se quem pensa que vai sair de moto para viajar para descansar não vai descansar vai relaxamento vai se estressar mais o físico vai ser muito exigido muito exigido só para você ter uma ideia a nossa cabeça pesa sete quilos.

Se você compra um capacete da e de um quilo e meio você já tem oito quilos e meio para sustentar em cima da musculatura do seu pescoço como mais a pressão do vento.

Você imagina só nessa musculatura o esforço que é empregado mas todo o resto do corpo coluna braços pernas lombar.

Tudo vai exigir muitas calorias então você precisa se alimentar enquanto um diabético tem problema de excesso de açúcar no sangue.

Você não se alimentando direito você tem problema de hipoglicemia ou seja é a baixa do açúcar no sangue.

Nos dois primeiros efeitos é uma dor de cabeça e uma cultura. O terceiro efeito é a panela. Você pode simplesmente desmaiar e desmaiar de fome e desmaiar com baixa quantidade de açúcar no sangue.

Então isso é uma baita de uma economia porca. Não faça isso. Mantenha sua dieta se alimente.

Eu não gosto. Ela também não curte mais no café da manhã. Como ela bastante se alimente faça aquela primeira refeição. Os europeus chamam de minha ao almoço.

Então coma no café da manhã muito bem durante o dia. Pelo menos a minha opção comeu um bichinho comeu o pão de queijo tomar um suco de laranja e um sorvete barrinha de cereal vale muito a pena você sempre terá na bolsa animal não faço economia com a comida. é muito sério isso.

Nosso Quintal identificada é uma coisa que eu até às vezes tiram sarro porque você tem que levar a brincadeira que as pessoas que acabam focando a sua viagem nas dificuldades.

Eu até postei um tempo atrás aqui na minha visão um motociclista que volta de uma aventura em volta de uma viagem pelo Brasil pela América Latina seja por onde for com muito mais muito mais mulheres muito mais reclamações a fazer do que novidades e conquistas para contar está com seus dias sobre duas rodas computadores o tempo vai passando a gente vai ficando cada vez mais cansado e desmotivado com preguiça o corpo já não corresponde o que a mente pede.

Se você acaba colecionando com o tempo mazelas quando você volta de uma viagem o ponto alto foi as dificuldades que você teve com um pneu um indicador de voltagem que queimou o enfim alguma coisa que não saiu conforme o planejado. Cara você está envenenando a sua alma com o passar do tempo.

Você vai acabar criando a crença de que viajar de um não vale a pena que viajou de moto é cansativo que perigoso. Você vai ouvir alguém falando bem da sua moto minino porque você está tendo foco nas dificuldades e não na superações. é uma estrada difícil que você tem que cruzar uma temperatura baixa.

Você tem que tocar numa tempestade que você passa. São coisas para você carregar como medalhas no teu peito não como coitado como um desgraçado um azarado.

Aliás eu estou comprometido com o sucesso da minha viagem. Eu me divirto com os perrengues. Eu não torço para que eles aconteçam. Mas eu não deixo que eles acertem a minha viagem.

Vejo vocês mesmo já deve ter acompanhado várias testemunhas de cara que por exemplo sofrem como uma extorsão na estrada tem que pagar propina para o policial.

Veja Também: Empréstimo consignado Inss online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *